Inbound Marketing, nada mais é, que atrair seu público para seu conteúdo.Também chamado de Marketing de atração ou novo Marketing, ele tem objetivo de estabelecer um relacionamento com seu público-alvo, a partir deste relacionamento, os conteúdos publicados serão totalmente personalizados.Conseguindo atração e gerar tráfego em seu site, consequentemente convertendo em consumidores fiéis (leads).

Vou te explicar qual é a diferença entre Outbound Marketing e Inbound Marketing.

Outbound Marketing se refere ao Marketing tradicional, é a estratégia de “empurrar” o produto para o consumidor, ou, é abordar o cliente de forma direta, oferecendo seu produto ou serviço, resumindo, a marca vai em busca do cliente. Já Inbound Marketing, é gerar conteúdos gratuitamente, fazendo com que o cliente venha até a marca. Ou melhor, são ações voltadas para a atrair, com o intuito de visitar seu blog ou site.

Agora que você sabe o que é Inbound Marketing, vamos ver como funciona. A estratégia é divida em etapas:

Etapas do Inbound Marketing

ATRAIR:

A primeira etapa sem dúvidas é atração. Antes de começar qualquer assunto ou conteúdo você precisa definir sua persona, que nada mais é, a escolha do seu público-alvo. Precisamos entender que se nos dedicarmos a fazer um conteúdo bom e de qualidade, não iremos precisar chamar a atenção do leitor, ele virá até nós. Seu resultado é o engajamento com o público. Para isso há várias ferramentas que auxiliam ao envolvimento:

Blog:

Quase como uma obrigação. O blog é um lugar onde você irá postar seus conteúdos sobre determinado assunto. Mas ele não é só para publicar textos em seu site. Um blog bem produzido, planejado, com qualidade, e, que é criado em base no seu público-alvo, consegue ter um retorno ou engajamento muito forte, criando um relacionamento entre marca e consumidor.

Redes Sociais:

As publicações nas mídias sociais são para complementar o conteúdo no blog.

São excelentes os canais de redes sociais, pois tem recursos que permitem um compartilhamento rápido com efeito rápido pois todos os canais de mídias estão interconectadas. Outro ponto forte é, saber quantas pessoas viram suas postagens, comentários, se gostaram ou não, e isso tudo pode ser instantâneo conforme as postagens. A partir disso podemos perceber quais perfis de públicos que têm interesse em determinados assuntos.

Palavras-Chave:

Onde pesquisamos quando estamos com alguma dúvida? Se você pensou em Google, está certo. Esta plataforma é a mais importante no processo de pesquisa da sua marca. Precisamos garantir que sua empresa irá aparecer nas primeiras páginas de pesquisa, para isso acontecer, você precisa escolher
cuidadosamente as palavras-chave, que estarão inseridas no seu site, quanto mais vezes essas palavras aparecerem em seu site melhor ranqueado você pode estar. Não esqueça, o Google é exigente, então seu conteúdo precisa ser interessante.

CONVERTER:

Nesta etapa seu público já está em seu site, o objetivo agora é, convertê-lo em consumidor ou leads, precisamos coletar informações sobre ele, como por exemplo: e-mail. Para que isso aconteça você precisa agregar valor ao seu conteúdo, o visitante precisa passar suas informações em troca de benefícios, como presente, um material rico. Existem algumas formas de fazer isso:

Chamada para atenção (pop-up):

São botões ou links que acompanham o visitante a ação, como por exemplo: baixar um e-book (livro on-line), ou oferecem pedidos de orçamentos, testes, entre outros.

Landing Page

Também chamada de página de aterrissagem, é quando o visitante está em seu site e um pop-up aparece e ele vai para uma página específica, onde é ofertado um produto (conteúdo), em troca de informações do cliente. É nesse processo que você captura as informações e começa uma relação com seu público.

FECHAR:

Agora que conseguimos atrair e converter corretamente os leads, esta terceira fase é fazer com que haja uma interação, fazendo com que o leads se torne cliente, de fato. Mas para isso acontecer precisamos usar algum materiais:

E-mail Marketing

A ideia é construir uma confiança passada por empresa para com ele. Um dos pontos positivos em mandar e-mails é que há um contato mais próximo com o consumidor. Estes e-mails são conteúdos exclusivos, ofertas relevantes para o cliente, envolvendo criação de emails favoráveis as necessidades dos leads. Essa relação pode gerar uma compra.

FIDELIZAÇÃO

Com todas as etapas anteriores concluídas,para encerrar vamos para a principal. A fidelização é a mais especial, é aqui que seu conteúdo e seu esforço podem ganhar a recompensa. Seu cliente consumiu seu produto, aqui que você faz a diferença, sua marca já envolveu, encantou e agora precisa fidelizar o cliente. De atenção ao seu consumidor, faça ele se sentir especial, consequentemente ele será um divulgador de sua marca.

Não se esqueça que cada detalhe deste processo é muito importante para o desenvolvimento de relações entre marca e consumidor final.

Share This